Trabalho freelancer: como e por onde começar

O trabalho freelancer divide opiniões de muitas pessoas. O brasileiro tem por “cultura” o querer estabilidade através de um emprego fixo que lhes garanta pelo menos um salário mínimo no mês. Esta mentalidade está errada? Não, mas também não é a única saída. Precisamos ansiar mais e lutar por algo que queremos, ir além…A maioria das pessoas que passaram a pensar assim, estão indo longe, estão conquistando seu lugar ao sol.

Para entender o que eu quero dizer, antes de qualquer coisa, é necessário que você saiba o que é freelancer. Freelancer é uma expressão que designa um profissional autônomo que pode atuar em diversas áreas e trabalha na maioria das vezes em projetos que podem ter tempo limitado ou não, atendendo por conta própria, ou seja, trabalha para si mesmo.

Para mulheres que possuem filhos, esta é uma das maiores oportunidades, porque podem trabalhar em casa, escolher o projeto ao qual querem trabalhar e em quais horários trabalhar. Como vocês sabem…falo por experiência própria.

Este pode ser o primeiro passo para começar seu próprio negócio, o que é uma ideia bastante interessante, principalmente neste momento de crise que nosso país está passando.

Freelancer consegue ganhar dinheiro?

Esta com certeza é uma pergunta que ouço diversas vezes por semana principalmente na cidade onde moro. Quando chego na casa de alguém e as pessoas me perguntam com o que trabalho, a resposta traz uma certa desconfiança e elas imediatamente me perguntam: e você consegue ganhar alguma coisa fazendo isto? A resposta? Sim, claro, em tudo que você se esforça e busca conhecimento, há ganho tanto mental, quanto financeiro. Hoje eu pago plano de saúde para mim e meus filhos, TV por assinatura e outras coisas, trabalhando apenas como autônoma.

Resumindo: sim, você pode ganhar dinheiro como freelancer.

É fácil começar como freelancer?

Sim e não, por quê?

Como disse em um post na minha fã page que você pode acessar aqui, comecei a trabalhar como redatora web após fazer o ENEM duas vezes e quase alcançar 1000 pontos em redação…nas duas vezes. Eu não sei quanto a vocês, mas como antes de ter filhos sempre trabalhei fora, quando os tive bateu aquela dúvida: e agora? O que vou fazer? Em que me destaco? Então, sentei um dia em frente ao computador e comecei a procurar oportunidades.

Nesta busca, encontrei falsas promessas de ganho fácil e vendas no famoso piloto automático, mas diferente de outras pessoas, não caí nessa, não saí comprando um monte de cursos, até porque não tinha mais dinheiro para isso, apenas fui estudando por conta própria através de artigos que encontrei em diversos blogs. Escrever textos para a web exige certas habilidades diferentes das de quando você precisa entregar um trabalho na escola ou faculdade e estes pré-requisitos são fundamentais para se fechar o primeiro negócio. Então, só consegui algum trabalho depois de muito estudo e esforço. Todo este processo foi necessário para mim porque eu não sabia executar o trabalho, mas caso você já saiba, ótimo! Será mais fácil.

O que você pode fazer é a mesma coisa que eu fiz. Se pergunte: sou bom em que? O que posso oferecer para as pessoas? Ou então, o que eu gosto de fazer e que poderia aprender rapidamente?

Com certa frequência vejo pessoas comentando em webinários que participo ou em posts que leio que gostariam de aprender a fazer redação para blogs e sites. Este é o seu caso? Deixe um comentário abaixo deste post que tentarei te ajudar ok?

Freelancer: como dar os primeiros passos

Se você já possui autoridade no assunto ao qual executa, é certo que já tenha seus próprios clientes. Agora, se você é completamente desconhecido, o ideal é que comece através das plataformas de freelancers. Estas plataformas funcionam assim: você que tem algum serviço para oferecer, entra, se cadastra, preenche todas as informações e ganha um perfil. Os clientes que precisam de serviços, entram, se cadastram também e publicam um projeto. Ao lê-lo, você conseguirá saber se pode ou não ajudar aquele cliente. Quando o cliente decide te contratar, ele deve depositar imediatamente o valor integral do projeto que passa a ficar sob responsabilidade da plataforma. Não se preocupe, todas elas entregam os valores para você corretamente assim que cumprir sua parte ok? O importante é cumprir com muita responsabilidade, da melhor forma possível e dentro do prazo. Desta forma, o cliente te avaliará com 5 estrelas e você começará a subir no ranking da plataforma ganhando assim, alguns benefícios.

O que você deve saber é o seguinte: como você está iniciando, não tem jeito, é necessário cobrar valores mais baixos e executar o trabalho como se estivesse ganhando 1  milhão de dólares, rsrs. Ao terminar e ir ganhando as classificações, você poderá ir aumentando gradualmente os valores. Eu mesma comecei escrevendo textos por apenas R$ 5,00.

Plataformas freelancers

Deixo aqui o link de algumas plataformas as quais você pode entrar, pesquisar e até se cadastrar. Ah, e se quiser procurar meu perfil nelas, fique à vontade, assim, você verá que tenho autoridade sobre o que estou falando, rs. Em todas elas você pode se cadastrar para diversas atividades.

1- 99freelas

A 99freelas é uma excelente plataforma, muito fácil de navegar e de buscar projetos. Mas, tem um porém: ultimamente ela está muito concorrida e está cada vez mais difícil ganhar projetos, mas fique à vontade para acessá-la.

http://www.99freelas.com.br

2- Prolancer

A Prolancer é muito boa, porém, difícil de lidar, pelo fato de sua interface não ser muito amigável, mas nada que a impeça de  se cadastrar. Consegui bons clientes através dela quando ainda oferecia a oportunidade de ganhar projetos sem pagar. Ultimamente é necessário contratar um plano para conseguir enviar propostas, a não ser que seja convidado pelo cliente para trabalhar no projeto. Mas, vale a pena pagar pelo menos para você conhecer. Ela pode te render também ótimos clientes.

http://www.prolancer.com.br

3- Workana

Esta é a mais exigente de todas, como também a mais procurada. Nela, você não pode passar seus dados pessoais, nem qualquer tipo de contato pessoal antes de fechar o projeto com o cliente, com o risco de ser banido da plataforma permanentemente. É preciso ficar atenta à data de entrega do projeto também, pois caso não entregue e o cliente seja daqueles que não gosta de atrasos pode entrar com uma disputa e você ter um aviso de violação em seu perfil, o que dificulta bastante o fechamento de novos projetos.

No mais, ela é excelente se você fizer todo o processo corretamente. Ah sim! Na Workana você cresce no ranking nacional e no Latino Americano.

http://www.workana.com

4- Frelancer.com

Perfeita para quem fala e escreve em inglês fluentemente, pois apesar de suas interface estar em português, os projetos são todos em inglês e os ganhos em dólar $$$$$.

http://freelancer.com

5- GetNinjas

Muito boa e com projetos incríveis, mas é paga também. Para conseguir enviar propostas é necessário comprar o plano. Mas, caso esteja disposta a pagar, pode receber bons pedidos de orçamento.

http://www.getninjas.com.br

6- Comunica geral

Paga também, mas com muitos bons projetos e funcionalidades.

http://www.comunicageral.com.br

Bom, estas são as dicas de hoje e as melhores plataformas freelancer. Se você quiser mais informações, pode deixar um comentário que responderei o mais rápido possível e com o maior prazer tá?

Te vejo nos próximos posts. Não se esqueça de assinar a newsletter no formulário que fica na lateral do blog e curtir a página do face. 😉

Railce Silva

 

 

Railce Silva

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *